Regulagem de Faróis

Quando o assunto é segurança ao dirigir, o bom estado dos faróis e a conservação das lâmpadas utilizadas é uma preocupação essencial para os motoristas. Isso porque o sistema de iluminação de um carro é o que permite com que ele veja e seja visto pelos demais motoristas.

Nesse sentido, é muito importante que os condutores saibam como fazer a regulagem correta dos faróis, pois um farol desregulado não ilumina adequadamente a rodovia ou ainda pode causar ofuscamento, perda de visão momentânea, no condutor do veículo que transita em sentido contrário.

Pensando na segurança dos motoristas e pedestres brasileiros, abaixo um conjunto de dicas importantes sobre regulagem de faróis, como forma de alertar os condutores sobre a importância de uma boa iluminação durante as viagens.

1. Estacione o veículo sobre uma superfície plana, com a frente paralela a uma parede, a uma distância mínima de cinco metros;

2. Trace uma linha horizontal na parede que fique na mesma altura do centro do farol do chão;

3. Meça a distância entre os centros dos dois faróis e marque em um painel ou na parede. Em seguida, trace duas linhas inclinadas de 15 graus, em relação à linha horizontal, a partir do centro ótico de cada farol;

4. Para encontrar a referência de regulagem, é necessário rebaixar o conjunto de linhas em 1 cm para cada 1 metro de distância entre o carro e a parede;

5. Deve-se regular um facho de cada vez (o outro permanece encoberto). Com um farol baixo ligado, gira-se o parafuso de ajuste até que o facho coincida com a referência traçada na parede.

Automaticamente, o farol alto também estará regulado. Observe que os parafusos variam de carro para carro: consulte o manual do proprietário. Vale ressaltar que, este procedimento pode ser feito em oficinas, até mesmo gratuitamente. Quando se trata de veículos e seus componentes os detalhes são importantes e devem ser levados a sério. Afinal, todo cuidado é pouco quando o assunto é segurança, uma atitude que preserva a vida.